Rossini – 2005

Published On 26/10/2015 | Ex-Atletas
Nome completo – Rossini Alberto dos Santos
Período – 2005
Posição – Meio-campista
Nascimento – 31 de março de 1985, em Santos.
Jogos – 11
Gols – 00
Histórico – Campeão da Copa Paulista pelo”Santos B” em 2004, Rossini foi garimpado ao profissional no ano seguinte, e a expectativa de boas atuações eram enormes. Expectativa essa, que não se concluiu.
Após alguns jogos pelo Campeonato Paulista e a grande expectativa que girava em seu entorno, foi inscrito também na Taça Libertadores, com a camisa 19, onde atuou em três partidas.
Após a competição sul-americana e a troca de treinadores, Rossini não teve mais oportunidades, devido as más atuações. Voltou a atuar somente no final do ano, e em 2006, já não estava mais na Vila Belmiro.
Atuou ainda pela Portuguesa Santista, Rio Branco, Imperatriz, Treze-PB, Paysandu, Santa Cruz, Guarani, Mogi Mirim, São Bento e outros mais.
Em 2015, defendeu o Atibaia, pela Série A3 do Campeonato Paulista.
ESTREIA
10/02/2005 – Santos 0 x 0 Guarani
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Paulo José Danelon
Auxiliares: Francisco Rubens Feitosa e Nelson Souza Gois
Cartões amarelos: Fabinho, Mariano, Nilson e Marlon.
Cartão vermelho: Serginho
SANTOS: Henao; Paulo César, Domingos, Halisson e Léo; Fabinho, Tcheco (Flávio), Ricardinho (Luis Augusto) e Rossini (Douglas); Basílio e Deivid. Técnico: Oswaldo de Oliveira
GUARANI: Jean; Mariano, Paulo André, Juninho e Gilson; Marcos Paulo, Careca, Serginho e Tucho; Catatau (Marlon) e Evandro Roncatto (Nilson). Técnico: Jair Picerni
ATUAÇÃO PELA LIBERTADORES
06/04/2005 – Santos 3 x 1 LDU/EQU
Gols: Urrutia aos 3min e Robinho aos 21min do primeiro tempo; Ricardinho aos 3min e Robinho aos 16min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Taça Libertadores
Público: 8.515 pagantes
Renda: R$ 98.811,00
Árbitro: Horácio Elizondo (ARG)
Auxiliares: Rafael Furchi e Walter Velaz (ambos da Argentina)
SANTOS: Henao; Paulo César, Ávalos, Halisson e Léo; Fabinho, Bóvio (Rossini), Zé Elias (Leonardo) e Ricardinho; Robinho (William) e Deivid. Técnico: Gallo
LDU: Mora, Reasco, Espínola, Espinoza e Ambrosi; Obregón, Mendez, Palácios (Aguinaga), Urrutia; García (Salas) e Graziani. Técnico: Juan Carlos Oblitas
ULTIMO JOGO
27/11/2005 – Santos 2 x 1 Botafogo
Gols: Geílson aos 13min do primeiro tempo; Rogério aos 6min e Ruy aos 46min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Campeonato Brasileiro
Público: 3.590 pagantes
Renda: R$ 130.000,00
Árbitro: Giulliano Bozzano (DF)
Auxiliares: Renato Miguel Vieira e Enio Ferreira de Carvalho (ambos do DF)
Cartões amarelos: Frontini, Giovanni, Paulo César, Wendel, Geílson e Fabinho (S); Reinaldo, Ruy, Rafael Marques e Ramon (B).
Cartão vermelho: Scheidt (B)
SANTOS: Mauro; Paulo César (Wendel), Rogério, Luiz Alberto e Kleber; Fabinho, Rossini (Léo Lima), Bóvio (Luciano Henrique) e Giovanni; Geílson e Frontini. Técnico: Serginho Chulapa
BOTAFOGO: Lopes; Ruy, Rafael Marques, Scheidt e Oziel; Thiago Xavier (Zé Roberto), Diguinho, Juca e Ramon (Asprilla); Caio (Ricardinho) e Reinaldo. Técnico: Celso Roth
• Jogos e gols marcados:
2005 – 05 jogos (Paulista), 03 jogos (Brasileiro) e 03 jogos (Taça Libertadores);
Total – 11 jogos e 00 gols em 2005.
Fontes e Biografias:
Almanaque do Santos, de Guilherme Nascimento;
Jornal “Folha de São Paulo”;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *