Rui Gomide – 1937-1947

Published On 28/06/2016 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana, 
Santos, 28/06/2016
Atualizado, 08/12/2016

Nome completo – Rui Gomide de Oliveira
Período – 1937-1947
Posição – Atacante
Nascimento – 12 de abril de 1918, em Conquista, Minas Gerais
Jogos – 223
Gols – 98
Histórico – Antes de chegar ao Alvinegro, Rui passou por 5 clubes (E.C. Corinthians de Engenheiro Schmidt, Rio Preto, Mirassol, Operário FC e Ponte Preta), em um curto espaço de tempo. Foi contratado pelo Santos no ano de 1937, e criou grande identificação com o clube, permanecendo por 10 temporadas como jogador santista.
Destacou-se principalmente no início da década de 40, quando começou a ser convocado com frequência para a Seleção Paulista. Foi Campeão Brasileiro de Seleções Estaduais em 1941, tendo fundamental participação no jogo decisivo.
Nos anos 1942 e 1943, Rui alcançou a marca de 19 gols em ambas as temporadas, e se consolidou como o artilheiro máximo da equipe nos anos mencionados.
Permaneceu até o ano de 1947, quando já beirava os 30 anos.
Faleceu no dia 19/06/1968, em Analândia-SP, em um acidente automobilístico.

ESTREIA
31/10/1937 – Amparo AC 1 x 1 Santos
Gols: Octávio – Auro (p)
Local: Campo da Rua Barão de Campinas – Amparo (SP)
Competição: Amistoso
Árbitro: Não informado
SFC: Cyro; Neves e Meira; Norberto, Martelete e Abreu; Baico, Octávio, Gradim, Aurélio e Rui.
Técnico: Camarão (provável)
AAC: Baltazar; Mauricio e Alcides; Marote, Libero e Herculano; Auro, Lalá, Rielli, Aureo e Giglio
PRIMEIRO GOL
02/11/1937 – Amparo AC 0 x 1 Santos
Gol: Rui
Local: Campo da Rua Barão de Campinas – Amparo (SP)
Competição: Amistoso (Taça Torcedores Amparenses)
Árbitro: Não Informado
SFC: Cyro; Neves e Meira; Norberto, Gradim e Abreu; Baico, Octávio, Araújo, Aurélio e Rui. Técnico: Camarão (provável)
AAC: Baltazar; Mauricio e Alcides; Marote, Libero e Herculano; Auro, Lalá, Rielli, Aureo e Giglio.
ULTIMO GOL
02/02/1947 – Remo 2 x 3 Santos
Gols: Caxambu, Adolfrises e Ruy – Dilermando e Jesu.
Local: Estádio Antonio Baena, em Belém, Pará.
Competição: Amistoso
Árbitro: Durval Valente (FPF)
SFC: Osni; Artigas e Expedito; Nenê, Dacunto e Ayala; Zeferino, Leonaldo (Maracaí), Caxambu, Adolfrises (Canhoto) e Rui. Técnico: Abel Picabéa
CR: Véliz; Isan e Expedito; Modesto, Jambo e Vicente (Cunha); Ita, Arquimedes (Jesu), Palito, Dilermendo e Boró.

• Jogos e gols:
1937 – 02 jogos e 01 gol;
1938 – 23 jogos e 11 gols;
1939 – 12 jogos e 05 gols;
1940 – 20 jogos e 08 gols;
1941 – 26 jogos e 15 gols;
1942 – 33 jogos e 19 gols;
1943 – 41 jogos e 19 gols;
1944 – 25 jogos e 11 gols;
1945 – 10 jogos e 03 gols;
1946 – 19 jogos e 03 gols;
1947 – 12 jogos e 03 gols;
Total: 223 jogos e 98 gols

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatísticas do Santos FC;
Almanaque do Santos FC;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *