Santos vence e assume o 2º lugar!

Published On 31/07/2016 | Informações
Por Gabriel Santana, 
Santos, 31/07/2016

Na tarde deste domingo, o Santos venceu o Cruzeiro por 2×0, com gols de Vitor Bueno e Lucas (contra), e assumiu a 2º colocação na tábua do Campeonato Brasileiro!
O desempenho da equipe santista dentro da Vila Belmiro vem sendo fundamental para a grande campanha até então. Até o momento, foram 6 jogos dentro do Alçapão, com 5 vitórias e apenas uma derrota. Nas outras duas vezes em que o Santos foi mandante, mas não atuou no Estádio Urbano Caldeira, também saiu vencedor, diante do Botafogo e São Paulo, ambos realizados no Estádio do Pacaembu.
Na próxima rodada, o Alvinegro pode assumir de vez a liderança, se vencer o Flamengo na Arena Pantanal.
2016-07-31 - Santos 2 x 0 Cruzeiro (1)

O capitão Ricardo Oliveira mais uma vez foi fundamental na vitória! (Foto/Flickr Santos FC)

O camisa 18 santista, marcou o seu 8º gol na competição nacional, e além de ser o artilheiro do Santos no Brasileiro, está próximo de alcançar o topo da artilharia. Na temporada, Vitor Bueno é o vice-artilheiro da equipe, com 11 tentos.
No histórico dos confrontos, o Santos segue levando vantagem diante da equipe mineira. Ao todo, são 73 embates entre as equipes, com 28 vitórias santistas, 20 empates e outras 25 vitórias do Cruzeiro. Em jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Alvinegro passou a frente, somando sua 22º vitória em 59 jogos, contra 21 do clube de Minas Gerais.
Ficha  Técnica:
31/07/2016 – Santos 2 x 0 Cruzeiro
Gols: Vitor Bueno aos 16min e Lucas (c) aos 29min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Público: 13.830 pagantes
Renda: R$ 421.520,00
Árbitro : Wagner Reway (MT)
Auxiliares : Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões amarelos : Ricardo Oliveira (SAN) e Willian (CRU)
SANTOS : Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Yuri (Rafael Longuine) e Vecchio (Jean Motta); Vitor Bueno, Copete (Joel) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.
CRUZEIRO : Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Manoel e Edimar; Bruno Ramires, Ariel Cabral, Robinho e De Arrascaeta (Ramon Ábila); Rafael Sóbis (Rafinha) e Willian. Técnico: Mano Menezes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *