Santos vence, mantém tabus e segue firme na ponta!

Published On 05/05/2017 | Informações
Por Gabriel Santana
Santos, 05/05/2017

Na noite de ontem, o Santos venceu o Independiente Santa Fé/COL por 3×2 no Estádio Pacaembu, com gols de Ricardo Oliveira, Vitor Bueno e Lucas Veríssimo, e continuou firme na liderança do grupo 2 da Taça Libertadores.
Com o triunfo, o time santista alcançou a marca de incríveis 19 vitórias consecutivas no Estádio Paulo Machado de Carvalho, aumentado o recorde de vitórias seguidas no estádio, além de se manter invicto na maior competição sul-americana.
Outra invencibilidade mantida, foi a de jogos pela Taça Libertadores no Pacaembu. Em 11 jogos, são 8 vitórias e 3 empates, além de 22 gols marcados contra 12 sofrido.
Ricardo Oliveira chegou a marca de 83 gols com a camisa santista. Atualmente, o centroavante ocupa a 27ª posição entre os maiores artilheiros da história do Santos. Está a 3 gols de empatar com Kléber Pereira, e alcançar mais uma posição no ranking. Já Vitor Bueno, marcou seu 21º gol pelo Santos, o 7º na temporada. Ele é o atual artilheiro santista no ano. O zagueiro Lucas Veríssimo, assinalou seu primeiro gol pelo Alvinegro de Vila Belmiro.

Homenagem a Rafael Longuine, que perdeu os pais em acidente de carro (Foto/Gazeta Esportiva)

Diante do Santa Fé/COL, foi apenas a 3ª partida na história entre as equipes. Até o momento, o Alvinegro continua sem perder para a equipe colombiana.
Contra colombianos no geral, o Santos confirmou também o bom retrospecto. São 43 jogos, 23 vitórias, 8 empates e 12 derrotas. Pela Taça Libertadores, o time santista já enfrentou em 20 ocasiões equipes da Colômbia.

Ficha Técnica:
04/05/2017 – Santos 3 x 2 Independiente Santa Fé/COL
Gols: Ricardo Oliveira aos 3min, Arango aos 32min, Vitor Bueno aos 33min e Perlaza aos 38min do primeiro tempo; Lucas Veríssimo aos 33min do segundo tempo.
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo.
Árbitro: Andres Cunha (URU)
Assistentes: Mauricio Espinosa (URU) e Nicolas Taran (URU)
Público: 29.798
Renda: R$ 1.142.620,00
Cartões amarelos:Lucas Veríssimo, Thiago Maia e Ricardo Oliveira (SFC); José Moya e Daniel Roa (ISF);
SFC: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro (Copete); Renato, Thiago Maia e Lucas Lima (Cleber Reis); Vitor Bueno (Vladimir Hernández), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior
CIS: Leandro Castellanos, Daniel Roa, José Moya, Héctor Urrego e Mosquera; Sebastián Salazar, Perlaza, Leyvin Balanta (Plata) e Jonathan Gómez; Arango e Stracqualursi (Ceter).
Técnico: Gustavo Costas



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *