Taça Libertadores da América – 1964

Published On 23/03/2014 | Taça Libertadores
Por Gabriel Santana
Santos, 23/03/2014
Atualizado, 02/03/2017

Por ter sido campeão da edição anterior, o Santos entrou novamente direto nas semifinais.
Pelo acúmulo de jogos e um certo desinteresse, o Alvinegro não passou adiante.

SEMIFINAIS
15/07 – Santos 2 x 3 Independiente-ARG – Gols: Peixinho e Pepe; Maracanã
22/07 – Independiente-ARG 2 x 1 Santos – Gol: Toninho Guerreiro; Avellaneda
Campanha Final:
4º Lugar – 02 jogos – 02 derrotas – 03 GP – 05 GC
Artilheiros:
01 gol: Pepe, Peixinho e Toninho Guerreiro

Jogadores utilizados (14):
02 jogos: Gylmar, Modesto, Haroldo, Zito, Peixinho, Lima, Almir Pernambuquinho e Pepe
01 jogo: Geraldino, Noriva, Rossi, Dalmo, Toninho Guerreiro e Ismael

Fichas Técnicas:
15/07/1964 – Santos 2 x 3 Independiente-ARG
Gols: Pepe e Peixinho; Bernao, Suarez e Mario Rodriguez.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 23.916 pagantes
Renda: Cr$ 24.827.539,00
Árbitro: Artur Holland (Inglaterra)
Santos: Gylmar; Lima, Modesto e Geraldino; Zito e Haroldo; Noriva, Peixinho, Almir, Rossi e Pepe. Técnico: Lula
Independiente: Torlan; Ferreiro, Guzmán e Rolán; Acevedo (Mori) e Maldonado; Bernao, Mura, Suarez, Mario Rodriguez e Savoy
22/07/1964 – Independiente-ARG 2 x 1 Santos
Gols: Toninho Guerreiro; Mori e Rodriguez.
Local: Estádio Avellaneda, em Buenos Aires, Argentina.
Público: 70.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 120.000.000,00
Árbitro: Artur Holland (Inglaterra)
Expulsos: Almir Pernambuquinho (Santos) e Ferrero (Independiente);
Independiente: Torlan; Ferreiro, Guzmán e Rolán; Mori (Acevedo) e Maldonado; Bernao, Mura, Suarez, Mario Rodriguez e Savoy
Santos: Gylmar; Ismael, Modesto e Dalmo; Zito e Haroldo; Peixinho, Lima, Toninho Guerreiro, Almir e Pepe. Técnico: Lula

Fontes e Referências:
Almanaque do Santos FC;
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *