Temporada – 1963

Published On 19/01/2016 | Temporadas
 A temporada de 1963, foi uma das melhores da história santista.
Iniciou o ano batendo recorde de renda em Sergipe, após disputar um amistoso com a Seleção local, e vencer por 3×2.
Em seguida, três dias depois, inicia seu compromisso no Campeonato Brasileiro de 1962, que por falta de calendário, foi disputado no ano seguinte.
Após um empate e uma vitória sobre o Campeão Pernambucano, o Alvinegro garantiu sua vaga em mais uma final.
Ainda em janeiro, o time santista parte para a sua primeira excursão do ano, em territórios chilenos e argentinos.
Já no início de fevereiro, disputa o Torneio Rio-São Paulo, estreando diante do Vasco, no Maracanã.
Com uma excelente campanha, o Alvinegro conquista o seu 1º Título do ano, e a segunda Taça do Rio-São Paulo para os seus domínios.
Voltando ao Campeonato Brasileiro de 1962, três grandes jogos diante do Botafogo de Garrincha. No 1º jogo da grande final, vitória santista por 4×3. Na volta, no Maracanã, vitória botafoguense, 3×1.
Com uma vitória pra cada lado, um terceiro jogo foi marcado, novamente no Maracanã.
Sem tomar conhecimento de seu adversário, o Santos atropelou o time carioca por 5×0, e mostrou que verdadeiramente era o maior time do Brasil.
Após alguns dias de descanso para os campeões brasileiros, o Alvinegro rumou para mais uma viagem, e dessa vez, para o continente europeu. França, Alemanha, Espanha e Itália no cardápio, e mais uma aula de futebol aos europeus.
No Campeonato Paulista, o Santos não repetiu as campanhas dos anos anteriores, e o Tetracampeonato não foi possível. Terminou em 3º lugar, e Pelé, pela 7º vez consecutiva, foi o artilheiro da competição, com 22 gols assinalados.
Em agosto, novamente o Botafogo medindo forças com o time santista, agora, em jogo válido pelas semifinais da Taça Libertadores. Novamente não foi palho para superar as forças do Alvinegro da Vila, e saiu derrotado mais uma vez. Empate no Pacaembu, e mais um show santista no Maracanã, goleando por 4×0.
Na grande final da América, o Santos enfrentou o Boca Juniors/ARG, em mais dois grandes jogos. Duas vitórias alvinegras, com grande destaque para a finalíssima em plena La Bombonera, onde o time praiano virou o marcador após sair perdendo por 1×0, mesmo sofrendo uma pressão de aproximadamente 85 mil argentinos.
Santos FC, Bicampeão da Taça Libertadores da América.
Com o título continental, o Alvinegro foi enfrentar o Campeão Europeu, na disputa do Mundial Interclubes. Mais três jogos históricos, e um dos maiores títulos já conquistado pelo Santos.
Após a derrota no 1º jogo na Itália, o Santos venceu duas vezes o Milan/ITA no Maracanã, com um grande apoio da torcida carioca. Aproximadamente 270 mil pessoas somando-se as duas partidas. Era o maior time do mundo em campo.
O gol de Dalmo no derradeiro jogo finalizou o grande espetáculo.
Bicampeão do Mundo, 1962-1963.
Somando a temporada inteira, o Santos bateu 27 recordes de renda e 22 recordes de público. Foi recorde de arrecadação na Europa, com 139.864.300 liras, correspondente a 287 milhões na época, na partida diante do Milan, já pelo Mundial.
LISTA DE TODOS OS JOGOS:
09/01/1963 – Santos 3 x 2 Seleção de Sergipe – Amistoso – João Hora de Oliveira
12/01/1963 – Santos 1 x 1 Sport – Taça Brasil-62 – Ilha do Retiro
16/01/1963 – Santos 4 x 0 Sport – Taça Brasil-62 – Pacaembu
23/01/1963 – Santos 2 x 1 Colo Colo/CHI – Amistoso – Nacional de Santiago
30/01/1963 – Santos 8 x 3 Deportivo Municipal/PER – Amistoso – Nacional de Lima
02/02/1963 – Santos 2 x 1 Alianza Lima/PER – Amistoso – Nacional de Lima
06/02/1963 – Santos 3 x 4 Universidad Católica/CHI – Amistoso – Nacional de Santiago
10/02/1963 – Santos 5 x 0 Clube Naval/CHI – Amistoso – El Morro
16/02/1963 – Santos 2 x 2 Vasco – Torneio Rio-São Paulo – Maracanã
20/02/1963 – Santos 6 x 3 Portuguesa – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
03/03/1963 – Santos 2 x 0 Corinthians – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
07/03/1963 – Santos 6 x 2 São Paulo – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
13/03/1963 – Santos 3 x 0 Palmeiras – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
16/03/1963 – Santos 5 x 1 Olaria – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
19/03/1963 – Santos 4 x 3 Botafogo – Taça Brasil-62/Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
23/03/1963 – Santos 2 x 4 Fluminense – Torneio Rio-São Paulo – Pacaembu
27/03/1963 – Santos 3 x 0 Flamengo – Torneio Rio-São Paulo – Maracanã
31/03/1963 – Santos 1 x 3 Botafogo – Taça Brasil-62/Torneio Rio-São Paulo – Maracanã
02/04/1963 – Santos 5 x 0 Botafogo – Taça Brasil-62 – Maracanã
25/05/1963 – Santos 1 x 1 Partizan/SER – Amistoso – La Meinau
29/05/1963 – Santos 3 x 2 Seleção de Niedersachsen/ALE – Amistoso – Hannover
02/06/1963 – Santos 2 x 1 Schalke 04/ALE – Amistoso – Rot-Weiss
05/06/1963 – Santos 5 x 2 Eintracht/ALE – Amistoso – Frankfurt Stadium
08/06/1963 – Santos 3 x 1 Stuttgart/ALE – Amistoso – Neskar Stadium
12/06/1963 – Santos 0 x 2 Barcelona/ESP – Amistoso – Camp Nou
15/06/1963 – Santos 4 x 3 Roma/ITA – Amistoso – Olímpico de Roma
19/06/1963 – Santos 0 x 2 Internazionale/ITA – Torneio Cidade de Milão – San Siro
22/06/1963 – Santos 0 x 4 Milan/ITA – Torneio Cidade de Milão – San Siro
26/06/1963 – Santos 3 x 5 Juventus/ITA – Amistoso – Comunale
10/07/1963 – Santos 4 x 0 Madureira-RJ – Amistoso – Vila Belmiro
14/07/1963 – Santos 3 x 1 São Bento – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
17/07/1963 – Santos 3 x 1 Comercial – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
21/07/1963 – Santos 4 x 3 Noroeste – Campeonato Paulista – Ubaldo Medeiros
24/07/1963 – Santos 1 x 1 Portuguesa – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
28/07/1963 – Santos 5 x 2 Jabaquara – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
31/07/1963 – Santos 2 x 2 Esportiva – Campeonato Paulista – Benedito Meireles
04/08/1963 – Santos 2 x 1 Guarani – Campeonato Paulista – Brinco de Ouro
07/08/1963 – Santos 1 x 1 Palmeiras – Campeonato Paulista – Pacaembu
15/08/1963 – Santos 1 x 4 São Paulo – Campeonato Paulista – Pacaembu
18/08/1963 – Santos 0 x 0 XV de Piracicaba – Campeonato Paulista – Roberto Gomes Pedrosa
22/08/1963 – Santos 1 x 1 Botafogo – Taça Libertadores – Pacaembu
28/08/1963 – Santos 4 x 0 Botafogo – Taça Libertadores – Maracanã
01/09/1963 – Santos 1 x 4 Ferroviária – Campeonato Paulista – Fonte Luminosa
04/09/1963 – Santos 3 x 2 Boca Juniors/ARG – Taça Libertadores – Maracanã
11/09/1963 – Santos 2 x 1 Boca Juniors/ARG – Taça Libertadores – La Bombonera
18/09/1963 – Santos 2 x 2 Prudentina – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
22/09/1963 – Santos 3 x 1 Corinthians – Campeonato Paulista – Pacaembu
25/09/1963 – Santos 2 x 1 Juventus – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
29/09/1963 – Santos 3 x 1 Botafogo – Campeonato Paulista – Luís Pereira
02/10/1963 – Santos 4 x 2 Noroeste – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
05/10/1963 – Santos 4 x 0 Prudentina – Campeonato Paulista – Félix Marcondes
09/10/1963 – Santos 5 x 1 Esportiva – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
16/10/1963 – Santos 2 x 4 Milan/ITA – Mundial Interclubes – San Siro
24/10/1963 – Santos 2 x 3 Portuguesa – Campeonato Paulista – Pacaembu
27/10/1963 – Santos 3 x 0 Comercial – Campeonato Paulista – Couto Coelho
30/10/1963 – Santos 2 x 3 São Bento – Campeonato Paulista – Carlos Joel Nelli
02/11/1963 – Santos 0 x 0 Juventus – Campeonato Paulista – Pacaembu
06/11/1963 – Santos 5 x 0 XV de Piracicaba – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
14/11/1963 – Santos 4 x 2 Milan/ITA – Mundial Interclubes – Maracanã
16/11/1963 – Santos 1 x 0 Milan/ITA – Mundial Interclubes – Maracanã
20/11/1963 – Santos 0 x 1 Palmeiras – Campeonato Paulista – Pacaembu
24/11/1963 – Santos 1 x 4 Botafogo – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
27/11/1963 – Santos 1 x 1 São Paulo – Campeonato Paulista – Pacaembu
04/12/1963 – Santos 1 x 2 Guarani – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
08/12/1963 – Santos 1 x 5 Ferroviária – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
11/12/1963 – Santos 5 x 3 Jabaquara – Campeonato Paulista – Vila Belmiro
14/12/1963 – Santos 2 x 2 Corinthians – Campeonato Paulista – Pacaembu
COMPETIÇÕES DISPUTADAS:
Amistosos –  Campeonato Paulista – Torneio Rio-São PauloTaça Libertadores da AméricaMundial Interclubes – Torneio Cidade de Milão – Taça Brasil (Campeonato Brasileiro) de 1962
TOTAL:
67 jogos – 39 vitórias – 12 empates – 16 derrotas
178 gols feitos – 115 gols sofridos – saldo: +63
ARTILHEIROS:
67 Gols: Pelé
37 Gols: Coutinho
18 Gols: Pepe
12 Gols: Dorval
11 Gols: Toninho Guerreiro
10 Gols: Lima
04 Gols: Mengálvio e Rossi
03 Gols: Nenê
02 Gols: Nilzo e Dalmo
01 Gol: Tite, Pagão, Zito, Batista e Almir Pernambuquinho
03 Gols Contra: Rildo, Jorge e Amaro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *