Torneio de Sevilla – 1999

Published On 03/06/2015 | Torneios Amistosos
Por Gabriel Santana
Santos, 03/06/2015
Atualizado, 05/11/2016

Logo depois do início do Campeonato Brasileiro de 1999, o Santos fez uma rápida excursão para a Europa, para disputar dois torneios, o de Amsterdã e o de Sevilla. No torneio de Sevilla, ou Troféu Hispalis, como também ficou conhecido, a equipe santista não foi muito bem, e acabou em quarto lugar.
O sistema foi o tradicional, duas semifinais, disputa do terceiro lugar e a final. O Celta de Vigo ficou com o título após vencer o Sevilla na final.
Participantes: Santos, Sevilla/ESP, Parma/ITA e Celta de Vigo/ESP.

Fichas Técnicas:

03/08/1999 – Sevilla/ESP 1 x 0 Santos
Gol: Quevedo aos 37min do primeiro tempo.
Local: Estádio Ramón Sanchez Pizjuan, em Sevilla, Espanha.
Árbitro: Carmona Méndez (Espanha)
Cartões Amarelos: Francisco, Marchena, Élson, Dodô, Claudiomiro e Aristizábal.
Cartões Vermelhos: Quevedo e Aristizábal
Santos: Zetti; Michel (Valdir), Jean, Andrei e Gustavo Nery; Élson, Narciso (Marcos Bazílio), Claudiomiro (Aristizábal) e Caíco (Paulo Rink); Aílton (Rodrigão) e Dodô (Eduardo Marques). Técnico: Emerson Leão
Sevilla: Valencia; Hector (Manoel Angel), Nando (Tabare), Quevedo e Marchena; Hibic, Podesta (Alfredo), Francisco (Angel) e Tsartas (Loren); Otero (Moya) e Jesuli (Bakero). Técnico: Marcos Alonso
05/08/1999 – Parma/ITA 2 x 1 Santos
Gols: Montano aos 11min e Paulo Rink aos 36min do primeiro tempo; Di Vaio aos 24min do segundo tempo.
Local: Estádio Ramón Sanchez Pizjuan, em Sevilla, Espanha.
Público: 6.000 torcedores
Árbitro: Luiz Medina Cantalejo (Espanha)
Cartões Amarelos: Vanoli, Apolloni, Paulo Rink, Jean e Claudiomiro
Santos: Zetti; Michel, Jean, Andrei e Gustavo Nery; Élson (Marcos Bazílio), Claudiomiro, Narciso (Aílton) e Aristizábal (Eduardo Marques); Paulo Rink (Rodrigão) e Dodô (Lúcio). Técnico: Emerson Leão
Parma: Guardalben (Micillo); Sartor (Lassissi) Breda, Benarrivo e Apolloni (Thuram); Dino Baggio (Boghossian), Montano, Stanic (Di Vaio) e Maini (Ortega); Torrisi e Vanoli (Serena). Técnico: Alberto Malesani

 Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;
Jornal “Folha de São Paulo”;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *