Torneio Itália – 1961

Published On 20/03/2014 | Torneios Amistosos
Por Gabriel Santana
Santos, 20/03/2014
Atualizado, 24/06/2016

Em 1961, em uma de suas excursões pela Europa, o Santos disputou o Torneio Itália. O torneio foi composto por 4 equipes italianas e 4 equipes convidadas de países diferentes. Divididas em dois grupos, cada equipe realizou dois jogos, e os campeões de cada grupo se enfrentaram na final.
O Santos ficou com o título após vencer com certa facilidade os seus três jogos, todos contra equipes italianas.

Participantes: Santos, Juventus-ITA, Roma-ITA, Internazionale-ITA, Napoli-ITA, River Plate-ARG, Racing-FRA e Spartak-RUS.
• Grupo A: 1 – Santos; 2 – Juventus; 3 – Racing; 4 – Roma
• Grupo B: 1 – Internazionale; 2 – River Plate; 3 – Napoli; 4 – Spartak
• Jogos decisivos:
Final: – Internazionale 1 x 4 Santos; Local: Milão
Disputa do 3º Lugar – Juventus 1 x 5 River Plate; Local: Turim
Disputa do 5º Lugar – Napoli 1 x 7 Racing; Local: Napoli
Disputa do 7º Lugar – Roma 2 x 3 Spartak; Local: Roma
Campanha: 03 Jogos; 03 Vitórias; 11 GP; 01 GC; 10 SG
Artilheiros:
04 Gols: Pelé
02 Gols: Dorval e Pepe
01 Gol: Coutinho, Mengálvio e Zito
Classificação Final:
1 – Santos
2 – Internazionale
3 – River Plate
4 – Juventus
5 – Racing
6 – Napoli
7 – Spartak
8 – Roma

Trecho do Jornal A Tribuna, de Santos:
‘ Nada menos de 110.000 pessoas, que excederam a lotação do estádio de San Siro, aplaudiram o Santos e se convenceram de que a maior força futebolística continua residindo no Brasil. O espetáculo foi desses que raramente se vêem. Terminando o jogo, o Santos deu a volta olímpica, cumprimentando a multidão, que não parava de bater palmas e de aclamar a grande e poderosa equipe brasileira, hoje, também para os italianos, considerada a maior equipe do mundo.’

Fichas Técnicas:
18/06/1961 – Juventus-ITA 0 x 2 Santos
Gols: Pelé aos 25min e Dorval aos 42min do segundo tempo.
Local: Em Turim, na Itália.
Público: calculado em 60.000 pessoas
Renda: Cr$ 30 milhões
Árbitro: Campanatti (Itália)
Santos: Laércio; Mauro e Décio Brito; Getúlio, Lima, e Dalmo; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Juventus: Vavassori; Cervatto e Sarti; Leonini, Emoli e Colombo; Móra,
John Charles, Nicolé, Omar Sivori e Stacchini.
21/06/1961 – Roma-ITA 0 x 5 Santos
Gols: Mengálvio aos 5min, Pelé aos 22min e aos 23min e Dorval aos 28min do primeiro tempo; Zito aos 16min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico, Roma, na Itália.
Público: aproximadamente 100 mil pessoas.
Árbitro: Césarre Jonni
Santos: Laércio (Lalá); Mauro (Formiga) e Décio Brito; Getúlio, Lima e Dalmo;
Dorval, Mengálvio (Zito), Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Roma: Panetti (Labella); Montana e Corsni; Pestrin (Schiaffino), Losi e Giulano; Orlando (Menighelli), Lojacono (Ghiggia), Manfredini, Schiafino (Pestrin) e Senolssons.
– Ocorrências: Antes da partida, o Santos foi recebido em audiência pelo Papa João XXIII.
24/06/1961 – Internazionale-ITA 1 x 4 Santos
Gols: Pepe aos 7min, Bolchi aos 25min e Coutinho aos 35min do primeiro tempo; Pepe aos 6min e Pelé aos 43min do segundo tempo.
Local: Estádio Giuseppe Meazza, conhecido como San Siro, em Milão, Itália.
Público: 110.000 pessoas
Árbitro: Gambarrotta (Itália)
Santos: Laércio; Mauro e Décio Brito; Getúlio, Lima e Dalmo; Dorval, Mengálvio (Zito), Coutinho, Pelé e Pepe. Técnico: Lula
Internazionale: Da Pozzo (Bandoni); Guarnieri e Masiero; Picchi, Bolchi e Balleri; Bicicli, Lindskog, Hitchens, Suarez e Corso.

One Response to Torneio Itália – 1961

  1. Roberto Dias Alvares says:

    Torneio Itália, disputou com afinco.
    Dois a zero na Juventus de Turim.
    O Santos, na Roma marcou cinco.
    A final com Internazionale foi assim:

    O Estádio San Siro foi o teatro
    onde cento e dez mil espectadores,
    viram o Santos vencer por quatro.
    Aplaudido de pé pelos torcedor