Torneio Pentagonal de Guadalajara – 1961

Published On 21/05/2014 | Torneios Amistosos
Em 1961, após disputar o Torneio Pentagonal do México, o Santos continuou no país, e desembarcou em outra cidade do México, para disputar outro Pentagonal!
A competição de Guadalajara tinha praticamente a mesma fórmula de disputa e o mesmo regulamento, equiparando também nas equipes, três equipes locais e duas equipes convidadas.
O Santos ficou com o título da competição após empatar com o América-RJ, e garantir a primeira colocação no certame!
• Participantes: Santos, Chivas, América, Atlas e América-RJ
• Classificação:
1 – Santos; 07PG (04J; 03V; 01E;)
2 – América-RJ; 05PG (04J; 02V; 01E; 01D)
3 – América-Mex; 05PG (04J; 02V; 01E; 01D)
4 – Atlas; 02PG (04J; 02E; 02D)
5 – Chivas Guadalajara; 01PG (04J; 01E; 03D)
• Artilheiros:
04 Gols: Pepe, Dorval e Coutinho
02 Gols: Pelé
01 Gol: Mengálvio, Zito e Pagão
• Fichas Técnicas:
19/02/1961 – Chivas Guadalajara-MEX 2 x 6 Santos
Gols: Mellone aos 4min, Mengálvio aos 8min, Coutinho aos 23min e Pepe aos 30min do primeiro tempo; Pagão aos 3min, Pepe (p) aos 7min, Dorval aos 18min e Hector Hernandez aos 19min do segundo tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Público: 50.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 6.700.000,00
Árbitro: Fernando Buergo
Chivas Guadalajara: Gomez; Chairs, Sepuvelda e Viliegas; Jasso e Flores; Jara, Reyes, Mellone, Ponce e Arellano (Hector Hernandez). Técnico: Javier de La Torre
Santos: Laércio; Mauro (Ney), Dalmo e Zé Carlos; Zito (Formiga) e Fioti; Dorval
(Sormani), Mengálvio, Pagão (Pelé), Coutinho e Pepe (Tite). Técnico: Lula
22/02/1961 – América–MEX 2 x 6 Santos
Gols: Pepe aos 14min e Dorval aos 37min do primeiro tempo; Mercado aos 16min, Pelé aos 19min e aos 29min, Pavés aos 30min, Zito aos 37min e Coutinho aos 40min do segundo tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Renda: Cr$ 4.700,000,00
Árbitro: Franco Ramiro Garcia
Auxiliares: Juan Mena e Roberto Jiménez
América: Herta; Bosco, Portugal e Lemus; Schandlein e Najera; Valdés (Mercado), Piña (Gómez), Palmer (Pavés), Jasso (Leaky) e Quintanar.
Santos: Laércio (Lalá); Fioti, Mauro e Dalmo (Zé Carlos); Zito e Calvet (Formiga); Dorval, Ney (Mengálvio), Pagão (Pelé), Coutinho e Pepe. Técnico: Lula
24/02/1961 – Atlas-MEX 0 x 2 Santos
Gols: Dorval aos 20min e Coutinho aos 31min do primeiro tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Renda: Cr$ 4.200.000,00
Árbitro: Rafael Valenzuela
Atlas: Marcelino; Farfán, Palmareño e Zárate (Del Muro); Flores, Del Aguila e Cisneros; Carlos González (Grillo Contreras), Pistache, Torres e Pisto Hermosillo.
Santos: Laércio; Mauro (Formiga), Dalmo (Zé Carlos) e Fioti; Zito e Calvet; Dorval
(Sormani), Mengálvio, Pagão (Pelé), Coutinho (Ney) e Pepe. Técnico: Lula
26/02/1961 – Santos 3 x 3 América-RJ
Gol: Quarentinha aos 18min, Antoninho aos 30min e Coutinho aos 43min do primeiro tempo; Quarentinha aos 2min, Pepe aos 25min e Dorval aos 35min do segundo tempo.
Local: Estádio Jalisco, em Guadalajara, México.
Competição: Pentagonal de Guadalajara.
Renda: Cr$ 4.590.000,00
Árbitro: Fernando Buergo
Santos: Laércio; Mauro, Dalmo (Zé Carlos)(Formiga) e Fioti; Zito e Calvet;
Dorval, Mengálvio, Coutinho (Sormani), Pelé e Pepe (Tite). Técnico: Lula
América: Pompéia; Djalma Dias, Amaro e Jorge; Santos e Ivan; Nilo (Decio), Antoninho (Valencia), Quarentinha, João Carlos e Calazans.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *