Torneio Rio-São Paulo – 1965

Published On 04/06/2014 | Torneio Rio-São Paulo
GRUPO A – SÃO PAULO
10/03 – Santos 4 x 1 Portuguesa – Gols: Coutinho [3] e Peixinho; Pacaembu
13/03 – Santos 1 x 1 Flamengo – Gol: Peixinho; Pacaembu
27/03 – São Paulo 3 x 1 Santos – Gol: Gilberto; Pacaembu
31/03 – Palmeiras 7 x 1 Santos – Gol: Noriva; Pacaembu
04/04 – Vasco 3 x 0 Santos; Maracanã
11/04 – Botafogo 3 x 2 Santos – Gols: Dorval [2]; Maracanã
15/04 – Santos 4 x 4 Corinthians – Gols: Pelé [4]; Pacaembu
18/04 – Fluminense 2 x 5 Santos – Gols: Pelé, Toninho [2], Peixinho e Gilson Porto; Maracanã
21/04 – Santos 2 x 0 América-RJ – Gols: Toninho e Rossi; Pacaembu
– Os clubes foram divididos em dois grupos apenas para montar a classificação. Todos jogaram contra todos, independente de ser do grupo A ou B.
Campanha: 4º Lugar; 09 Jogos; 03 Vitórias; 02 Empates; 04 Derrotas;
20 GP; 24 GC; -04 SG
– Artilheiros:
05 Gols: Pelé
03 Gols: Coutinho, Toninho e Peixinho
02 Gols: Dorval
01 Gol: Gilberto, Gilson Porto, Rossi e Noriva
– Fichas Técnicas:
10/03/1965 – Santos 4 x 1 Portuguesa
Gols: Coutinho aos 20seg e aos 2min e Peixinho aos 10min do primeiro tempo; Ditão aos 13min e Coutinho aos 16min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 18.700 aproximadamente
Renda: Cr$ 14.011.800,00
Árbitro: Anacleto Pietrobom
Santos: Cláudio; Olavo e Geraldino; Ismael, Joel Camargo e Lima; Peixinho, Mengálvio, Coutinho (Almir), Pelé e Noriva. Técnico: Lula
Portuguesa: Orlando; Cláudio, Ditão e Edilson; Pampolini e Vilela; Almir, Dida, Aloisio, Nair e Ivair. Técnico: Aymoré Moreira
13/03/1965 – Santos 1 x 1 Flamengo
Gols: Peixinho (p) aos 31min do primeiro tempo; Fefeu (f) aos 5min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 15.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 11.391.900,00
Árbitro: Frederico Lopes
Santos: Cláudio; Ismael, Olavo e Geraldino; Joel Camargo e Lima; Peixinho, Gonçalo (Rossi), Coutinho (Eliseu), Almir (Gilberto) e Noriva. Técnico: Lula
Flamengo: Marcial; Murilo, Luis Carlos Freitas, Ditão e Paulo Henrique; Carlinhos e Fefeu; Amauri, Airton (Carlos Alberto), Berico (Gaspar) e Parobé (Paulo Alves).
Técnico: Flavio Costa
– O Santos poupou 6 titulares (Gilmar, Zito, Dorval, Mengálvio, Pelé e Pepe), pois disputava a Libertadores na mesma época.
27/03/1965 – São Paulo 3 x 1 Santos
Gols: Gilberto; Del Vecchio, Ladeira e Paraná.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 11.077 pagantes
Renda: Cr$ 7.820.400,00
Árbitro: Olten Aires de Abreu
Santos: Silas; Quito (Turcão), Modesto e Cido; Haroldo e Eliseu; Peixinho, Rossi (Ademir), Almir (Gilberto), Gonçalo e Noriva. Técnico: Antoninho
São Paulo: Suli, De Sordi, Bellini e Renato; Roberto Dias e Adenir; Faustino, Ladeira (Rodarte), Del Vecchio, Valter e Paraná. Técnico: José Poy.
– O Santos jogou com o time reserva, pois os titulares jogariam no dia seguinte em Montevidéu, contra o Peñarol, pelas semifinais da Libertadores.
31/03/1965 – Palmeiras 7 x 1 Santos
Gols: Noriva; Servilio [2], Tupãzinho, Ademar [3] e Rinaldo (p).
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 11.000 aproximadamente
Renda: Cr$ 8.136.700,00
Árbitro: Anacleto Pietrobom
Palmeiras: Valdir (Silvio); Djalma Santos, Djalma Dias e Geraldo Scotto; Dudu (Julio Amaral) e Valdemar Carabina; Gildo, Servílio (Ademar Pantera), Tupãzinho (Mazinho), Ademir da Guia e Rinaldo. Técnico: Filpo Nuñez
Santos: Silas; Quito (Pardal), Modesto e Joel Camargo; Eliseu e Cido; Peixinho, Rossi, Gilberto (Íris), Gonçalo (Santana) e Noriva. Técnico: Antoninho
– O Santos jogou com o time reserva, pois os titulares estavam jogando no mesmo dia em Buenos Aires, contra o Peñarol, pelas semifinais da Libertadores.
04/04/1965 – Vasco 3 x 0 Santos
Gols: Luisinho e Mario [2].
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 42.250 pagantes
Renda: Cr$ 36.470.180,00
Árbitro: Airton Vieira de Moraes
Vasco: Gainete; Joel, Brito, Fontana e Barbosinha; Maranhão e Lorico (Oldair); Luizinho, Célio, Saul (Mário) e Zezinho. Técnico: Zezé Moreira.
Santos: Laércio; Modesto, Geraldino e Ismael (Olavo); Joel Camargo e Elizeu (Rossi); Dorval, Mengálvio, Toninho, Pelé e Noriva (Peixinho). Técnico: Lula
11/04/1965 – Botafogo 3 x 2 Santos
Gols: Dorval [2]; Bianchini [2] e Jairzinho.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 37.490 pagantes
Renda: Cr$ 33.099.880,00
Árbitro: Ethel Rodrigues
Botafogo: Hélio; Joel, Zé Carlos, Paulistinha e Rildo; Airton e Gérson; Jairzinho, Sicupira, Bianchini e Artur. Técnico: Geninho.
Santos: Laércio; Modesto, Geraldino e Ismael; Lima e Haroldo; Dorval, Mengálvio, Toninho, Pelé e Pepe (Peixinho). Técnico: Lula
15/04/1965 – Santos 4 x 4 Corinthians
Gols: Pelé aos 45seg, aos 10min e aos 35min, Flávio aos 15 e aos 18min, Marcos aos 31min e Geraldo José aos 39min do primeiro tempo; Pelé aos 13min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 50.782 pagantes
Renda: Cr$ 39.539.800,00
Árbitro: Olten Aires de Abreu
Corinthians: Heitor; Augusto, Cláudio, Clóvis e Edson; Dino e Rivelino (Luizinho); Marcos, Flávio, Nei e Geraldo. Técnico: Osvaldo Brandão
Santos: Laércio; Ismael (Mengálvio), Modesto e Geraldino; Lima e Haroldo; Dorval, Rossi, Toninho, Pelé e Gilson Porto (Pepe). Técnico: Lula
18/04/1965 – Fluminense 2 x 5 Santos
Gols: Gilson Nunes aos 14min, Luiz Henrique aos 33min, Pelé aos 39min e Toninho 44mn do primeiro tempo; Toninho a 1min, Peixinho aos 4min e Gílson Porto aos 25min do segundo tempo.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 20.093 pagantes
Renda: Cr$ 17.163.490,00
Árbitro: Albino Zanferrari
Fluminense: Castilho; Laurício, Procópio, Altair e Baiano; Íris e Luiz Henrique; Jorginho, Antunes (Amoroso), Evaldo (Denílson) e Gílson Nunes.
Técnico: Tim
Santos: Cláudio; Modesto e Dé; Eliseu (Vadinho), Haroldo e Lima; Peixinho, Rossi, Toninho, Pelé e Gilson Porto. Técnico: Lula
– O Santos atuou sem 9 titulares (Gilmar, Ismael, Geraldino, Mauro, Zito, Dorval, Mengálvio, Coutinho e Pepe).
21/04/1965 – Santos 2 x 0 América-RJ
Gols: Toninho aos 15min e Rossi aos 25min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 17.500 aproximadamente
Renda: Cr$ 13.078.100,00
Árbitro: Armando Marques
Santos: Cláudio; Modesto e Dé; Eliseu (Vadinho), Haroldo e Lima; Peixinho, Rossi, Toninho, Pelé e Gilson Porto. Técnico: Lula
América: Mauro; Luciano, Sérgio, Leônidas e Vicente (Silvio); Amorim e Carlos Pedro; Zuino, Hélio (Campinense), Fernando Cônsul (Manuel) e Abel.
Técnico: Jorge Vieira
– O Santos atuou sem 9 titulares (Gilmar, Ismael, Geraldino, Mauro, Zito, Dorval, Mengálvio, Coutinho e Pepe).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *