Torneio Roberto Gomes Pedrosa – 1967

Published On 15/03/2014 | Campeonato Brasileiro
15 clubes disputaram a primeira edição do Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Divido em 2 grupos, os dois primeiros colocados de cada lado classificavam-se para o quadrangular final.
Na foto, o time que enfrentou o Corinthians na última rodada.
PRIMEIRA FASE – GRUPO B
08/03 – Atlético-MG 0 x 1 Santos – Gol: Toninho; Mineirão
12/03 – Grêmio 1 x 1 Santos – Gol: Pelé; Olímpico
15/03 – Santos 5 x 1 Internacional – Gols: Copeu [2], Toninho, Edu e Pelé; Pacaembu
19/03 – Flamengo 0 x 1 Santos – Gol: Toninho; Maracanã
22/03 – Santos 0 x 0 Botafogo; Pacaembu
26/03 – Vasco 2 x 1 Santos – Gol: Pelé; Maracanã
01/04 – São Paulo 1 x 1 Santos – Gol: Pelé; Pacaembu
08/04 – Santos 1 x 2 Palmeiras – Gol: Buglê; Pacaembu
15/04 – Portuguesa 2 x 2 Santos – Gols: Pelé [2]; Pacaembu
19/04 – Cruzeiro 3 x 1 Santos – Gol: Ismael; Mineirão
23/04 – Santos 3 x 0 Bangu-RJ – Gols: Edu [2] e Pelé; Pacaembu
30/04 – Fluminense 3 x 0 Santos; Maracanã
03/05 – Santos 3 x 0 Ferroviário-PR – Gols: Cecconi (c), Pelé e Toninho; Pacaembu
13/05 – Santos 1 x 1 Corinthians – Gol: Pelé; Pacaembu
Campanha: 4º Lugar; 14 Jogos; 05 Vitórias; 05 Empates; 04 Derrotas; 21 GP; 16 GC; 05 SG
Artilheiros:
09 Gols: Pelé
04 Gols: Toninho Guerreiro
03 Gols: Edu
02 Gols: Copeu
01 Gol: Ismael e Buglê
01 Gol Contra: Cecconi
Fichas Técnicas:
08/03/1967 – Atlético-MG 0 x 1 Santos
Gol: Toninho aos 41min do primeiro tempo.
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais.
Público: 22.690 pagantes
Renda: NCr$ 48.656,00
Árbitro: Anacleto Pietrobon
Atlético: Luizinho; Canindé, Vânder, Grapete e Warlei; Vanderlei Paiva e Santana (Beto); Buião, Edgar Maia (Roberto Mauro), Lacy e Ronaldo (Tião).
Técnico: Gérson dos Santos.
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan, Orlando e Rildo; Mengálvio (Clodoaldo) e Lima (Buglê); Amauri, Toninho, Pelé (Abel) e Edu. Técnico: Antoninho
12/03/1967 – Grêmio 1 x 1 Santos
Gols: Pelé aos 4min e Alcindo aos 13min do segundo tempo.
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
Público: 44.283 pagantes
Renda: NCr$ 95.375,00
Árbitro: Anacleto Pietrobon
Grêmio: Arlindo; Altemir, Ari Ercílio, Paulo Souza e Everaldo; Àureo, Sergio Lopres e Paíca (Joãozinho); Babá, Alcindo e Volmir. Técnico: Carlos Froner
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan e Rildo; Mengálvio e Orlando; Amauri (Copeu), Lima, Toninho, Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
15/03/1967 – Santos 5 x 1 Internacional
Gols: Toninho aos 5min, Copeu aos 11min, Davi aos 24min e Edu aos 36min do primeiro tempo; Copeu aos 40min e Pelé aos 43min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 9.000 aproximadamente
Renda: NCr$ 19.373,50
Árbitro: Agomar Martins
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan, Orlando (Haroldo) e Rildo; Mengálvio (Clodoaldo) e Lima (Buglê); Copeu, Toninho, Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
Internacional: Gainete (Guaporé); Laurício, Scala, Luiz Carlos e Jorge Andrade; Lambari e Elton; Carlitos, Jorginho, (Bráulio), Carlinhos e Davi (João Carlos).
Técnico: Sérgio Torres
19/03/1967 – Flamengo 0 x 1 Santos
Gols: Toninho aos 14min do primeiro tempo.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 56.637 pagantes
Renda: NCr$ 108.951,00
Árbitro: Ethel Rodrigues
Expulsos: Carlos Alberto Torres e Oberdan (Santos)
Flamengo: Marco Aurélio; Murilo, Ditão, Jaime e Paulo Henrique; Jarbas e Américo; Paulo Choco, Jair Pereira (Odon)(Pedrinho), Ademar e Rodrigues (Osvaldo II). Técnico: Renganeschi
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan, Haroldo (Joel Camargo) e Rildo; Mengálvio (Zito) e Lima; Copeu, Toninho (Clodoaldo), Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
22/03/1967 – Santos 0 x 0 Botafogo
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 13.000 aproximadamente
Renda: NCr$ 28.187,50
Árbitro: Airton Vieira de Morais
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan e Rildo (Mengálvio); Zito (Buglê) e Haroldo; Copeu, Lima, Toninho, Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
Botafogo: Manga; Paulistinha, Chiquinho, Leônidas e Dimas (Valtencir); Nei e Afonsinho; Rogério (Zélio), Airton, Sicupira e Paulo César. Técnico: Admildo Chirol
26/03/1967 – Vasco 2 x 1 Santos
Gols: Pelé; Adílson e Bianchini.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 46.053 pagantes
Renda: NCr$ 81.127,25
Árbitro: Armando Marques
Vasco: Franz; Jorge Luís, Brito e Fontana; Oldair e Salomão; Zezinho, Bianchini, Nei (Adílson), Danilo Menezes (Maranhão) e Moraes (Nado). Técnico: Zizinho
Santos: Gilmar; Oberdan e Geraldino; Carlos Alberto, Haroldo e Zito; Copeu (Amauri), Lima (Buglê), Toninho, Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
01/04/1967 – Santos 1 x 1 São Paulo
Gols: Babá aos 7min do primeiro tempo; Pelé aos 16min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 21.700 aproximadamente
Renda: NCr$ 43.689,50
Árbitro: José Astolfi
Santos: Gilmar; Lima, Oberdan e Geraldino (Rildo); Zito e Joel Camargo; Dorval, Buglê (Clodoaldo), Toninho, Pelé e Abel (Edu). Técnico: Antoninho
São Paulo: Fábio; Osvaldo Cunha, Jurandir, Dias e Edilson; Lourival (Nenê) e Fefeu; Valter (Carlos Alberto), Adilson (Fernandes), Babá e Canhoto.
Técnico: Silvio Pirilo
08/04/1967 – Palmeiras 2 x 1 Santos
Gols: Buglê; César [2].
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 36.000 aproximadamente
Renda: NCr$ 80.203,00
Árbitro: Anacleto Pietrobon
Palmeiras: Valdir; Djalma Santos, Baldochi, Minuca e Ferrari; Dudu e Ademir da Guia; Gallardo, Jair Bala, César (Suingue) e Rinaldo. Técnico: Aymoré Moreira
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan, Joel Camargo e Rildo; Zito e Mengálvio (Buglê); Dorval, Toninho (Copeu), Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
15/04/1967 – Santos 2 x 2 Portuguesa
Gols: Pelé [2]; Lorico e Basílio.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 10.800 aproximadamente
Renda: NCr$ 22.663,50
Árbitro: Anacleto Pietrobon
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Oberdan, Joel Camargo e Rildo; Clodoaldo e Buglê (Lima); Copeu (Dorval), Ismael, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho
Portuguesa: Feliz; Zé Maria, Jorge, Marinho e Augusto; Lorico e Paes; Ratinho, Leivinha, Basilio e Rodrigues. Técnico: Wilson Alves
19/04/1967 – Cruzeiro 3 x 1 Santos
Gols: Ismael; Wilson Almeida [2] e Tostão.
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, Minas Gerais.
Público: 51.495 pagantes
Renda: NCr$ 110.942,00
Árbitro: Armando Marques
Cruzeiro: Raul; Pedro Paulo, Cláudio, Procópio e Neco; Piazza e Dirceu Lopes; Natal, Wilson Almeida (Evaldo), Tostão e Dalmar. Técnico: Aírton Moreira
Santos: Gilmar; Carlos Alberto, Mauro e Rildo; Clodoaldo e Oberdan; Copeu (Dorval), Buglê (Mengálvio), Ismael, Pelé e Abel. Técnico: Antoninho
23/04/1967 – Santos 3 x 0 Bangu-RJ
Gols: Pelé (p) aos 34min do primeiro tempo; Edu aos 16min e aos 37min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 10.000 aproximadamente
Renda: NCr$ 21.878,00
Árbitro: José Teixeira de Carvalho
Santos: Cláudio; Carlos Alberto, Oberdan (Orlando), Joel Camargo e Rildo; Clodoaldo e Buglê; Copeu (Dorval), Ismael, Pelé e Abel (Edu). Técnico: Antoninho
Bangu: Ubirajara; Fidélis (Cabrita), Luís Alberto e Pedrinho; Ari Clemente, Jaime, Ocimar e Ladeira; Parada, Norberto (Fernando) e Aladim (Zé Carlos).
Técnico: Martim Francisco.
30/04/1967 – Fluminense 3 x 0 Santos
Gols: Lula e Jorge Costa [2].
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Público: 25.870 + 6.393 menores (32.265 total)
Renda: NCr$ 46.601,20
Árbitro: Etelvino Rodrigues
Fluminense: Humberto; Oliveira, Valtinho, Altair e Severo (Bauer); Denilson e Jardel; Mario Tilico (Samarone), Cláudio Garcia (Jorge Costa), Roberto Pinto e Lula.
Técnico: Tim
Santos: Cláudio; Carlos Alberto, Joel Camargo e Rildo; Clodoaldo (Lima) e Orlando; Amauri, Buglê, Ismael (Toninho), Pelé e Edu. Técnico: Antoninho
03/05/1967 – Santos 3 x 0 Ferroviário-PR
Gols: Cecconi (c) aos 17min, Pelé aos 19min e Toninho aos 28min do primeiro tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 1.500 aproximadamente
Renda: NCr$ 2.986,50
Árbitro: Kalil Karan Filho
Santos: Cláudio; Carlos Alberto, Orlando, Joel Camargo e Rildo; Clodoaldo (Negreiros) e Buglê (Lima); Toninho, Ismael, Pelé e Abel (Pepe). Técnico: Antoninho
Ferroviário: Paulista; Kavalis, Cecone, Caçula e Pinheiro; Martins e Renatinho; Pedro Alves (Padreco) (Jaime), Paulo Vecchio, Nilso e Gijo. Técnico: Odilon Silva
13/05/1967 – Corinthians 1 x 1 Santos
Gols: Flávio aos 36min e Pelé aos 43min do primeiro tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo.
Público: 56.208 presentes
Renda: NCr$ 123.121,50
Árbitro: Armando Marques
Corinthians: Marcial; Jair Marinho, Ditão, Clóvis e Maciel; Dino e Rivelino; Bataglia (Marcos), Silvio (Benê), Flavio e Gilson Porto. Técnico: Zezé Moreira
Santos: Cláudio; Carlos Alberto, Orlando, Joel Camargo e Rildo; Clodoaldo e Zito (Lima); Wilson (Ismael), Toninho (Buglê), Pelé e Abel. Técnico: Antoninho

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *