Victor Gonçalves – 1930-1936

Published On 03/09/2017 | Ex-Atletas
Por Gabriel Santana e Ronaldo Silva
Santos, 03/09/2017

Nome completo – Victor Gonçalves
Período – 1930-1936
Posição – Atacante
Nascimento – A confirmar
Jogos – 140
Gols – 57

Histórico – No início da década de 30, Victor Gonçalves despontava como um dos grandes atletas da cidade de Santos. Antes de atuar e ganhar destaque no Hespanha FC (atual Jabaquara), o ponteiro havia jogado no Docas.
Ao ser convocado para a Seleção Santista, Victor chamou a atenção dos dirigentes do Santos, e foi prontamente contratado pela equipe santista, em 1930.
Na temporada seguinte, no ano de 1931, Victor Gonçalves realizou sua melhor temporada pelo quadro santista, e confirmou toda a expectativa que havia em seu futebol. Atuou em 46 partidas e marcou 21 gols. Formou um potente ataque ao lado de Camarão, Feitiço, Mário Seixas e Logu.
A bola parada era um de seus pontos fortes, e além de atuar na ponta direita, quando necessário, também atuava como meia-direita.
Foi convocado para a Seleção Paulista no ano de 1932, porém, não realizou nenhuma partida.
Em 1935 começou a perder espaço na equipe, e o ano de 1936 marcou sua ultima temporada com a camisa do Santos.
Ao deixar a equipe de Vila Belmiro, retornou ao Hespanha, onde encerrou sua carreira.
Com 57 gols marcados, está entre os 50 maiores artilheiros da história do Santos.

ESTREIA
31/08/1930 – Palestra Itália 2 x 0 Santos
Gols: Gogliardo e Osses
Local: Estádio Parque Antártica, em São Paulo.
Árbitro: Carlos Rusticcelli
SFC: Athiê; Aristides e Meira; Oswaldo, Júlio e Alfredo; Omar, Camarão, Feitiço, Victor e Evangelista. Técnico: Platero
SSPI: Nascimento; Volponi e Loschiavo; Pepe, Gogliardo e Serafim; Ministrinho, Carrone. Heitor, Romeu e Osses. Técnico: Humberto Cabelli
PRIMEIRO GOL
07/09/1930 – Santos 2 x 1 SC Internacional
Gols: Franco II e Victor – Ministro (p)
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Árbitro: Eneas Sgarzi
SFC: Athiê; Bompeixe e Meira; Oswaldo, Alfredo e Julio; Omar, Camarão, Feitiço, Franco II e Victor. Técnico: Platero
SCI: Toffine; Narciso e Camargo; Rossi, Fritoli e Bastos; Martins, Ministro, Del Bianco, Sorrentino e Joca.
ULTIMO JOGO
30/01/1936 – Santos 4 x 3 Estudiantes de la Plata/ARG
Gols: Neves, Raul (2) e Sacy – Fuertes (3)
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos.
Competição: Amistoso
Árbitro: Heitor Marcelino Domingues
SFC: Cyro, Neves (Meira) e Agostinho; Ferreira, Marteletti e Jango; Sacy, Mario Pereira (Biruta), Raul, Araken e Junqueira (Victor Gonçalves). Técnico: Bilú
CELP: Fazioli; Comasi e Rodriguez; Buchitti, Roberto Sbarra e Raul Sbarra; Lauri, Savio, Ferreira, Fuertes (Zorangae) e De la Vila.

• Jogos e gols:
1930 – 12 jogos e 07 gols;
1931 – 46 jogos e 21 gols;
1932 – 24 jogos e 10 gols;
1933 – 35 jogos e 18 gols;
1934 – 15 jogos e 01 gol;
1935 – 06 jogos e 00 gol;
1936 – 02 jogos e 00 gol;
Total – 140 jogos e 57 gols

Fontes e Referências:
Centro de Memória e Estatística do Santos FC;
Assophis (Associação dos Historiadores e Pesquisadores do Santos FC);

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *