Vivos na briga!

Published On 06/11/2016 | Informações
Por Gabriel Santana
Santos, 06/11/2016

O Santos venceu na manhã deste domingo a Ponte Preta de virada em pleno Moisés Lucarelli. Com gols de Ricardo Oliveira e Copete, o time santista triunfou e assumiu a vice-liderança da competição.
O Alvinegro entrou em campo com os seguintes dizeres na camisa: “Faltou Respeito”, em protesto a mudança tardia da data e horário do jogo, feita pela CBF. Mesmo com as situações adversas, o Santos mostrou total empenho dentro de campo.
Agora o time santista soma 7 jogos invictos dentro do Campeonato Brasileiro, com 6 vitórias e um empate. A ultima derrota do Alvinegro dentro da competição, ocorreu no dia 24 de setembro, diante do Sport.
O artilheiro Ricardo Oliveira marcou seu 76º gol com a camisa do Santos, o 18º no ano. Já Copete, anotou seu 10º tento pelo time santista.
30816255465_48459ecc29_b

Léo Cittadini e Yuri entraram ao decorrer da partida, e mudaram o resultado! (Foto/Flickr Santos FC)

Nos confrontos diante da Ponte Preta, o Santos leva ampla vantagem. Com 127 jogos disputados, são 71 vitórias do Santos, 24 empates e 32 vitórias da Ponte Preta. O time santista já anotou 247 gols, e a equipe campineira, 147.
Até mesmo no Estádio do Moisés Lucarelli, o Santos leva vantagem contra a Ponte. No geral, são 55 jogos, 24 vitórias santistas, 11 empates e outras 20 derrotas.
No momento, o Santos está a apenas 3 pontos do 1º colocado, o Palmeiras. O time da capital paulista irá jogar ainda as 17 horas. Caso a equipe não vença, restarão 4 jogos e apenas 3 pontos de diferença.
Em 2004, assumimos a liderença na penultima rodada, e conquistamos o título na última.
Ficha Técnica:
06/11/2016 – Ponte Preta 1 x 2 Santos
Gols: William Pottker aos 21 min do primeiro tempo; Ricardo Oliveira aos 21min e Copete aos 43min do segundo tempo.
Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas, São Paulo.
Público: 10.208 pessoas
Renda: R$ 103.740
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Neuza Ines Back e Alex dos Santos (ambos de SC)
Cartões amarelos: Abuda (PP); David Braz (SFC)
PONTE PRETA: Aranha, Nino Paraíba, Antônio Carlos, Douglas Grolli e Reinaldo; João Vitor (Abuda), Wendel (Thiago Galhardo) e Maycon (Elton); Rhayner, Clayson e William Pottker. Técnico: Eduardo Baptista
SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Fabián Noguera (Yuri) e Zeca; Renato, Thiago Maia e Jean Mota (Arthur Gomes); Vitor Bueno (Léo Cittadini), Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *