Walter Marciano – 1953-1955

Published On 18/01/2016 | Ex-Atletas
Nome completo – Walter Marciano de Queirós
Período – 1953-1955
Posição – Meio-campista
Nascimento – 15 de setembro de 1931, em São Paulo
Jogos – 114
Gols – 45
Histórico – Revelado pelo Clube Atlético Ypiranga, após passar rapidamente pelo São Caetano E.C (atualmente A.A. São Bento), ganhou grande destaque devido a sua esplendorosa técnica, principalmente no ano de 1952, onde foi um dos valorosos jogadores do Campeonato Paulista. Despertou o interesse dos dirigentes santistas, e naquele mesmo ano, transferiu-se para o Santos.
Ao lado de Álvaro, Vasconcelos e Tite, seu futebol cresceu, e Walter já era considerado um dos melhores jogadores do Brasil em atividade.
Realizou grandes partidas com a camisa Alvinegra, e meses antes do Santos faturar o Campeonato Paulista de 1955, acertou sua ida ao Vasco da Gama.
Em 1957, foi atuar pelo Valência/ESP, e com grandes atuações pela equipe, naturalizou-se espanhol, e iria disputar a Copa do Mundo de 1962 pela Seleção da Espanha. Infelizmente, meses antes do início do Mundial, sofreu um trágico acidente automobilístico ocorrido em 1961, na estrada que liga as cidades de Valência e Alicante, e faleceu aos 29 anos.
ESTREIA
11/04/1953 – Flamengo 3 x 2 Santos
Gols: Joel aos 39min e Vasconcelos aos 42min do primeiro tempo; Vasconcelos aos 9min, Evaristo aos 40min e Esquerdinha aos 41min do segundo tempo.
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Público: 13.530 pagantes
Renda: Cr$ 295.093,00
Árbitro: Caetano Bovino
Expulso: Joel (Flamengo)
Flamengo: Garcia; Leone e Pavão; Jadir, Dequinha e Jordan; Joel, Rubens, Adãozinho (Evaristo), Índio e Esquerdinha. Técnico: Fleitas Solich
Santos: Manga; Cássio e Feijó (Pascoal); Xisto, Formiga e Zito; Nicácio, Antoninho (Ney), Álvaro (Walter), Vasconcelos e Tite. Técnico: Artigas
PRIMEIRO GOL
03/05/1953 – Palmeiras 1 x 2 Santos
Gols: Jair Rosa Pinto aos 30min do primeiro tempo; Vasconcelos aos 18min e Walter aos 36min do segundo tempo.
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo
Competição: Torneio Rio-São Paulo
Árbitro: João Etzel
Renda: Cr$ 257.290,00
SFC: Manga; Hélvio e Cássio; Nenê (Pascoal), Zito e Formiga; Nei (Antoninho), Walter, Álvaro, Vasconcelos e Tite. Técnico: Artigas
SEP: Rugilo; Sarno e Rafagnelli; Rui, Fiúme e Dema; Rodrigues, Liminha, Carlyle (Odair), Jair Rosa Pinto (Ponce de León) e Canhotinho. Técnico: Ondino Vieira
ULTIMO JOGO
17/07/1955 – Santos 1 x 0 Portuguesa
Gols: Walter Marciano aos 31min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos
Competição: Amistoso
Renda: Cr$ 127.990,00
Árbitro: Francisco Gimenes Molina
SFC: Barbosinha; Hélvio e Ivan; Sarno (Zito), Formiga e Urubatão; Del Vecchio (Carlinhos), Walter, Ramiro (Del Vecchio), Vasconcelos e Tite. Técnico: Lula
APD: Cabeção; Nena e Floriano; Djalma Santos, Brandãozinho e Ceci (Zinho); Julinho, Ipojucã, Airton (Zé Amaro), Edmur (Osvaldinho) e Silva. Técnico: Délio Neves
• Jogos e gols:
1953 – 40 jogos e 15 gols
1954 – 49 jogos e 20 gols
1955 – 25 jogos e 10 gols
Total: 114 jogos e 45 gols
Fontes e Referências:
Almanaque do Santos, de Guilherme Nascimento;
Revista Placar; 
Gazeta Esportiva;
Tardes de Pacaembu; 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *